Monitoramento CCO

Transporte

Com o objetivo de melhorar a eficiência do sistema de transporte, o início da operação do CCO - Centro de Controle Operacional foi um marco na modernização do transporte público e compõe o SIM - Sistema Integrado de Mobilidade, cuja estrutura forma um núcleo de comando de operações online, permitindo a gestão integrada do transporte e do trânsito na cidade, de maneira sistematizada. Neste ambiente atuam Agentes de Fiscalização de diversos órgãos/secretarias, tais como: Transporte Coletivo (URBS), Superintendência de Trânsito (SETRAN), Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU), além da presença da Guarda Municipal e de agentes da Fundação de Ação Social (FAS).

Os CFTV's - Circuitos Fechados de TV, PMV's - Painéis de Mensagens Variáveis, Conectividade por Fibra Óptica e demais equipamentos e softwares específicos instalados em terminais, estações tubo e vias públicas, contribuem significativamente para a melhora da gestão e controle do serviço, um vez que o sistema permite uma comunicação direta com os operadores e usuários do transporte público, cujas ações acontecem de forma estruturada e planejada.

Através de consoles instalados no interior de todos os ônibus que compõem a frota do transporte, os motoristas visualizam, em telas de LCD, os horários pré-definidos a serem cumpridos, podendo inclusive controlar atrasos ou adiantamentos de horários, além de receber informações relativas a desvios de itinerário necessários em função de acidentes e/ou obras.

Também é possível acompanhar a localização de cada um dos ônibus através de um módulo GPS integrado e, assim, informar em tempo real ao usuário do transporte o tempo previsto de chegada desses veículos ou quaisquer alterações na sua rota ou horário, através dos painéis instalados nos terminais e estações-tubo. Aplicativos para smartphones como o Itibus e o Curitiba 156, além de aplicativos parceiros, também recebem estas informações.

Especificamente na área do transporte público, o CCO atua com 752 câmeras e 694 painéis com informações aos usuários do transporte coletivo, instalados no interior dos Terminais e Estações-Tubo. No que se refere à fiscalização do serviço de transporte, todo o quadro de fiscais está equipado com smartphones para o acompanhamento online da operação do sistema, bem como o registro das ocorrências em tempo real.

Ainda, é atribuição do CCO a gestão das imagens capturadas pelas câmeras internas do ônibus do transporte coletivo. Com foco na segurança dos passageiros, desde março de 2018 todo novo veículo incorporado à frota é equipado com câmeras de monitoramento.


IMPORTANTE

As imagens capturadas pelas câmeras instaladas em vias públicas, estações-tubo, terminais de transporte e ônibus não são de acesso público/irrestrito e não podem ser fornecidas a particulares, a fim de resguardar a privacidade dos cidadãos. Cópias das imagens são fornecidas somente por via judicial ou solicitação de um Órgão de Segurança Pública (Delegados, Juízes, Investigadores) por meio de ofício protocolado em 02 (duas) vias no Prédio Central da URBS (Av. Pres. Affonso Camargo, 330 - Rodoferroviária). Cabe ressaltar ainda que estas imagens permanecem armazenadas por aproximadamente 10 (dez) dias, devido ao grande volume de informações geradas diariamente.

Horário de ônibus


Linhas Metropolitanas