Ter, 23 de Janeiro de 2018

Notícias

Urbs faz vistorias do transporte escolar dos veículos que atuam em Curitiba

Foto: Pedro Ribas/SMCS

| 11/1/2018

A Urbs já começou a vistoria semestral dos veículos do transporte escolar cadastrados para prestar o serviço na capital. Este ano vence o prazo do Conselho Nacional do Transito (Contran) para que todos os veículos com data de fabricação anterior a 2016 estejam com espelhos retrovisores, câmera-monitor ou outro dispositivo equivalente para ampliar a visão externa do motorista. Após 2016, os veículos já contam com o item de fábrica.

Em Curitiba, cerca de 860 veículos são licenciados para a atividade, entre vans, micro-ônibus, ônibus e Kombis. Cada veículo deve passar por duas vistorias por ano. A estimativa da Urbs é que mais da metade da frota é de veículos fabricados anteriormente a 2016.

Até agora estão sendo feitas cerca de cinco vistorias por dia, mas a tendência é aumentar. “É bom se antecipar, pois em fevereiro a fila costuma ficar grande”, disse Marcelo Ferreira, responsável pela Unidade de Fiscalização do Transporte Comercial da Urbs.

O trabalho é feito das 8h30 às 17 horas, por ordem de chegada no pátio da Urbs, atrás da Rodoviária de Curitiba. “Estava na praia e voltei para fazer a vistoria e correr atrás de deixar o carro em dia para a volta às aulas”, disse o motorista e proprietário de uma van escolar Willian Seco Sordi.

O transporte escolar é um serviço regulamentado e com licenciamento obrigatório. Em Curitiba é a Urbs quem controla o serviço, emite as licenças, fiscaliza o trabalho dos motoristas, acompanha a capacitação e vistoria o veículo.

Reprovação

O índice de reprovação dos veículos nas vistorias é grande, e muitos motoristas precisam voltar até a fiscalização da Urbs aprovar o carro e a documentação. Nesta quinta-feira (11/1), por exemplo, dos 5 veículos vistoriados, 4 foram reprovados.

“Neste caso foi a falta do dispositivo dianteiro, mas temos muitos casos de reprovação no tacógrafo, pneus, e também irregularidades nas luzes”, explicou Rudimar Stelmach, técnico de inspeção veicular da Urbs.

Quando aprovado, o veículo recebe o certificado para trafegar, o selo que fica colado do lado superior direito do para-brisa dianteiro, válido por seis meses. 

Além do adesivo, que tem a data de validade da vistoria (seis meses), os pais ou responsáveis devem exigir o Certificado Cadastral do Condutor, documento concedido a motoristas profissionais que têm mais de 21 anos de idade e estão habilitados nas categorias "D" e "E".

O certificado só é fornecido aos motoristas com pelo menos dois anos de experiência profissional, bons antecedentes e que tenham curso específico de condutores de veículos.

A relação dos prestadores de transporte escolar licenciados pela Urbs pode ser consultada site www.urbs.curitiba.pr.gov.br, clicando em Transporte e, em seguida, em Transporte Escolar. A pesquisa está disponível por bairros.

Categoria: Transporte Escolar

Arquivos

Janeiro 2018
Dezembro 2017
Novembro 2017
Outubro 2017
Setembro 2017
Agosto 2017
Julho 2017
Junho 2017
Maio 2017
Abril 2017
Março 2017
Fevereiro 2017
Janeiro 2017
Dezembro 2016
Novembro 2016
Junho 2016
Maio 2016
Abril 2016
Março 2016
Fevereiro 2016
Janeiro 2016
Dezembro 2015
Novembro 2015
Outubro 2015
Setembro 2015
Agosto 2015
Julho 2015
Junho 2015
Maio 2015
Abril 2015
Março 2015
Fevereiro 2015
Janeiro 2015
Dezembro 2014
Novembro 2014
Outubro 2014
Setembro 2014
Agosto 2014
Julho 2014
Junho 2014
Maio 2014
Abril 2014
Março 2014
Fevereiro 2014
Janeiro 2014
Dezembro 2013
Novembro 2013
Outubro 2013
Setembro 2013
Agosto 2013
Julho 2013
Junho 2013
Maio 2013
Abril 2013
Março 2013
Fevereiro 2013
Janeiro 2013
Dezembro 2012
Novembro 2012
Outubro 2012
Setembro 2012
Agosto 2012
Julho 2012